Investimento

Dra. Denise Vilas Boas

24/08/2018

Investimento

Hoje você repentinamente recebeu a noticia de que ganhou uma herança de um parente distante, que você nem sabia que existia. O valor da herança é alto e você tem a chance de viver tranquilo com a renda dessa herança, se for bem investida. Você decide que o melhor investimento é em imóveis para alugar. Primeira decisão tomada, vem outro dúvida: 
1.    Investir o dinheiro comprando uma mansão, recebendo um alto aluguel apenas dessa casa. 
2.    Investir seu dinheiro comprando diversas pequenas casas, recebendo pequenos alugueis de cada uma. 

Na primeira opção você ocupará seu tempo apenas com as questões relacionadas à uma casa, tais como reforma, impostos e inquilino. Na segunda opção você precisará dispor tempo para administrar todas as pequenas casas, serão diversos inquilinos, cada um com seu perfil, o que exigirá de você um repertório maior e mais elaborado. 
Qual você escolherá? 
Logo de cara, parece que a primeira opção é a mais viável, afinal o trabalho é menor, as situações problemas já serão conhecidas. Por que trocar um inquilino por vários? 
Decisão tomada. Casa comprada e alugada. Toda a sua renda está lá, você depende desse dinheiro para ter acesso (comprar) o que é considerado importante para você, desde comida à lazer. De repente, o inquilino decide entregar a casa. E agora? O que fazer? Sua renda será zerada. Imagina o desespero e tudo que você tentará fazer para que o inquilino não saia, para que a casa não fique vazia. 
Voltemos às casinhas mais trabalhosas. Todas as casas alugadas. Cada dia uma situação diferente para resolver com um inquilino, um conserto para fazer aqui e um ajuste ali. Sua renda é produto da soma de todas as casas. Depois de um ano, um dos inquilinos entrega uma das casas. E agora? A renda diminuirá um pouco, alguns ajustes serão necessários até a chegada do próximo inquilino, que poder ser rápida ou demorada. Mas nada de desespero ou submissão à condições adversas. Você não perdeu tudo que tinha. 
Agora transporte essa metáfora para sua vida e responda a seguinte pergunta? 
Você está investindo seu tempo, esforço e dedicação numa única casa ou em várias casinhas? 
Quando você se ocupa com uma única relação na sua vida, seja trabalho, namoro/casamento, amizade ou filhos, deposita todas as suas expectativas nessa relação, é dela que tem que vir tudo o que precisa para sentir-se feliz. Sua vida terá apenas um sentido. Nesse momento a frustração é certa, pois nenhuma relação é capaz de suprir todas as nossas necessidades. A possibilidade de você se submeter às situações mais adversas possíveis para não perder essa única relação será enorme e sua capacidade de analise e tomada de decisão fica reduzida e prejudicada pelo risco de privação absoluta. 
Nesse momento você entrou numa roda vida, quanto mais se esforça para manter essa relação, menos tempo ocupa para produzir outras interações importantes e fica cada vez mais dependente. O que fazer para não entrar ou sair dessa roda viva? 
Distribua seus esforços, amplie as possibilidades de interações, alguém várias casinhas, mesmo que seja mais trabalhoso e que, no começo, não seja tão prazeroso quanto gostaria. Se você só trabalha, por exemplo, experimente tirar um tempo para atividade física, para brincar com uma criança, para fazer ou cultivar amigos. Se você só namora e abandonou todas as outras relações da sua vida, retome o contato com seus amigos, faça algo sozinha(o), estude ou divirta-se sem a outra pessoa. Se você passa todo o tempo cuidando dos seus filhos, tire um tempo para você, fique um tempo sozinha(o), encontre as amigas(os) e divirta-se, você pode. Sei que, às vezes, parece impossível, mas faça um pouquinho de cada vez, aumente a frequência aos poucos e os resultados aparecerão. 
Em resumo, produza variabilidade, ela será uma vacina contra a perda de algo importante. Ela não impede a perda e nem o sofrimento. Perdas são inevitáveis, mas uma vida mais recheada de vínculos, com maior variabilidade, é suporte para a perda e ameniza a dor e o sofrimento. Dê mais sentidos a sua vida!  
 
Dra. Denise Vilas Boas

Copyright © 2019 Núcleo Tríplice / Todos os direitos reservados.